CONGREGAÇÃO DAS FILHAS DE NOSSA SENHORA STELLA MARIS

Ir. Paolina Doninelli, Madre Gilda Tatasciore e Giusepina Volpi

Fundadoras da Congregação das Filhas de Nossa Senhora Stella Maris


História

A Congregação das Filhas de Nossa Senhora Stella Maris nasceu do ato de coragem de três jovens italianas: Gilda Tatasciore. Giuseppina Volpi e Paolina Doninelli que deixaram sua pátria para servir os doentes de Hanseníase. acompanhado pelo desejo árduo de D. Antonio Maria Alves de Siqueira. que pedia a Nossa Senhora almas que se compadecessem e abraçassem a causa dos enfermos. tão discriminados e abandonados.

As três jovens tinham como intenção. prestar assistência aos doentes hansenianos não hospitalizados e desprotegidos pelo preconceito da moléstia. Em 15 de fevereiro de 1.954 começaram a trabalhar como voluntárias no Sanatório Padre Bento. em Guarulhos. indo residir numa casa cedida pelo Estado. iniciando desta maneira a sua verdadeira missão.

Os doentes se achavam em uma situação deplorável devido a falta de cuidados. o primeiro passo foi conquistar a confiança deles. pois eles mesmos achavam estranho pessoas sadias terem contatos com eles. vencido o primeiro obstáculo as três jovens começaram a ser solicitadas por todos e o ambiente começou a ser mais humano.

No trabalho do Sanatório começaram a tomar conhecimento das necessidades das famílias dos doentes. que residiam nas proximidades: pobreza. miséria. falta de higiene. promiscuidade entre doentes e crianças. O quadro era péssimo. Precisava se pensar em alguma solução.

Trabalhavam com a alma de quem cuida de seu único filho doente. sofreram muitas discriminações e ultrajes. mas mantinham - se firmes no seu propósito. Foi por ocasião da festa da Páscoa que as três jovens conheceram D. Antonio.

D.Antonio mal podia acreditar no que seus olhos contemplavam. as almas que ele havia pedido a Nossa Senhora. sua alegria foi tanta que mais tarde chamou as três e lhes propôs de fundarem uma família religiosa com o carisma de cuidar dos doentes de Hanseníase. diante do apelo Gilda respondeu que não tinha intenção de fundar nenhum instituto e seu ideal no Brasil era somente dedicar sua vida em favor desses menos favorecidos. D. Antonio pediu que elas refletissem sobre o assunto pois ele estaria com elas sempre e ainda acrescentou “ eu vou ser o vosso pai”.

Essas palavras soaram no coração das jovens e pela graça de Deus veio a resposta que assumiriam a nova fundação... e no dia 05 de outubro de 1957 a Congregação foi instaurada.